Storage, Storage NAS, Storage SAN, Storage DAS

Servidor de Arquivos

Servidor de arquivos – Conhecendo e como Dimensionar

Servidor de Arquivos  Para empresas pequenas e médias

Servidor de Arquivos – Como dimensionar um File Server

 

O melhor servidor de arquivos para pequenas e médias empresas é o equipamento ou solução de armazenamento que atende as solicitações das estações de trabalho, disponibilizando arquivos com segurança, velocidade e alta disponibilidade no menor custo possível.

Dimensionamento do File Server

Servidor de Arquivos - Como dimensionar um File Server

Servidor de Arquivos – Como dimensionar um File Server

Para dimensionar corretamente um File Server ou servidor de arquivos, deve-se levar em consideração a quantidade de estações de trabalho, tipo e tamanho dos arquivos, segurança e desempenho esperado, com essas informações em mãos podemos definir qual a melhor especificação para servidor de arquivos.

Atualmente os Storage NAS (Network Attached Storage) tem sido utilizado com sucesso como servidor de arquivos para maioria das empresas que possuem entre 2 e 500 estações de trabalho. Os Storage NAS que estão sendo utilizados como Servidor de arquivos possuem recursos que excedem muito apenas a tarefa de compartilhar de arquivos. Soluções como Personal Cloud, Backup dos arquivos, FTP Server, Web Server, Gerenciamento de Câmeras IP e uma rica variedade de conexões de rede tem acompanhado as melhores implantações de Storage NAS como servidor de arquivos.

Servidor de Arquivos - Aplicações de File Server

Servidor de Arquivos – Aplicações de File Server

Diante da grande variedade de servidores de arquivos disponíveis, é muito comum ficar indeciso ao decidir qual a melhor solução para uma certa necessidade. Veja abaixo alguns dos requisitos que devem ser considerados na escolha do NAS como servidor de arquivos:

  1. Capacidade de Armazenamento em TB (Terabytes)ou GB (Gigabytes)
  2. Tipo, tamanho e quantidade de arquivos
  3. Quantidade de HDD
  4. Nível de RAID
  5. Quantidade e velocidade das Conexões de Rede (Infraestrutura)

 

  1. Capacidade de Armazenamento em TB ou GB

Servidor de Arquivos - Como dimensionar um File Server pela quantidade de HDs

Servidor de Arquivos – Como dimensionar um File Server pela quantidade de HDs

Para dimensionar um servidor de arquivos, a primeira característica é capacidade de armazenamento do NAS em TB Terabytes (ou GB Gigabytes). Uma das formas é verificar o volume de dados atual e estimar o crescimento deste volume dentro de um período de 2 ou 3 anos (tempo estimado de vida útil dos HDDs – Este tempo varia de acordo com a categoria do HDD).

  1. Tipo, tamanho e quantidade de arquivos

Tipo do servidor de arquivos: Rack 19” ou Desktop
Tamanho e quantidade de arquivos: A quantidade e tamanho dos arquivos irá influenciar diretamente na taxa de transferência do servidor de arquivos. Por exemplo, a cópia de 10GB em 1 arquivo de 10GB é extremamente mais rápida que a cópia dos mesmos 10GB em 1.000.000 de arquivos de 10KB.

  1. Quantidade de HDD

Servidor de Arquivos - Como dimensionar um File Server pela quantidade de HDs

Servidor de Arquivos – Como dimensionar um File Server pela quantidade de HDs

A quantidade de HDD influenciará de 3 maneiras: A Capacidade bruta de armazenamento do servidor de arquivos – basta multiplicar o número de HDD pela capacidade do bruta (2TB, 3TB, 4TB….10TB) HDD; o Nível de RAID que será feito – algumas aplicações performam mais em RAID 10, outras soluções se adequam melhor em RAID 5 ou 6; e a quantidade de IOPS do sistema – como regra geral, quanto mais HDD maior o número de IOPS, considerando o mesmo nível de RAID e mesmo tipo de HDD.

  1. Nível de RAID

O nível de RAID influencia diretamente a capacidade líquida do servidor de arquivos, velocidade de acesso e segurança dos dados. Veja abaixo uma tabela resumo sobre RAID 5, RAID 6 e RAID 10;

 

  1. Quantidade e velocidade das Conexões de Rede (Infraestrutura)

Servidor de Arquivos - Como dimensionar um File Server pela Performance

Servidor de Arquivos – Como dimensionar um File Server pela Performance

A quantidade de conexões de rede bem como a velocidade influenciam diretamente na performance do servidor de arquivos. Normalmente os Storage NAS para empresas possuem no mínimo duas conexões de 1Gbps (um gigabit por segundo) e são auto-sense para redes de 100Mbps. Uma conexão única gigabit alcança cerca de 110/120 MBps (megabytes por segundo). Quando o servidor de arquivos possuir mais de 1 conexão, estas podem trabalhar simultaneamente e aumentar a velocidade de transmissão dos dados.

Outras opções que estão se tornando cada vez mais comuns e acessíveis são as conexões em 10Gbps e até 40Gbps disponíveis em alguns Storages.

Juntamente com a velocidade da rede, para se obter o máximo em performance durante a transmissão de dados, outros fatores que são cruciais para o melhor desempenho são:

– A fonte (origem) dos dados deve ser capaz de fornecer informações em uma velocidade igual a velocidade de transferência da Rede;

– O destino deve suportar a gravação ou processamento das informações solicitadas;

– A velocidade da Rede deve ser compatível com a Origem e Destino;

– A quantidade de IOPS solicitadas na transmissão deve ser igual ou inferior a origem e ao destino;

A velocidade de transferência de um Storage NAS depende muito do processamento do Storage, quantidade de memória, tipos de Discos instalados, aplicações que estão sendo executadas em paralelo à transferência e se utiliza ou não aceleração através de Cache em SSD/mSATA.

Havendo qualquer dúvida para dimensionar o seu servidor de arquivos, procure um de nossos engenheiros.

No Comments Yet

Deixe seu comentário